Tricotando o Knitting Around

Como aprender e divulgar o tricô de Elizabeth Zimmermann no Brasil? Tricotando suas receitas. Exatamento o que farei com o Knitting Around or Knitting without license. Por que este livro? Porque nele, mais do que ensinar receitas, ensina como fazer tricô circular. Há vários outros livros, nos quais já me aventurei, como Knitting Without Tears (1971), Knitter’s Almanac (1974), Knitting Workshop (1981) e o The Opinionated Knitter, publicação póstuma de 2005.

O livro está dividido em nove capítulos, parte orientações de tricô e parte relato autobiográfico,  ilustrados com fotografia e gráficos dos trabalhos, desenhos de Elizabeth, fotografias de família. No final um apêndice com orientações básicas.

Em princípio pretende seguir a ordem dos capítulos. O tema do primeiro: meias “Moccasin socks and other stockings”. O que farei? Vou postar as fotos das etapas, comentando as dificuldade e descobertas. Infelizmente ainda não temos traduções dos livros de EZ para o português. Mas podemos encontrá-los nas livrarias virtuais.

O primeiro desafio será  encontrar um fio adequado. EZ prefere trabalhar com lã,  mas no Brasil a maioria dos fios são acrílicos, alguns com 30% de lã. Não sei, penso em trabalhar as receitas com fios disponíveis no mercado nacional. Aliás, nossa “indústria do tricô” ….As revistas nunca apresentam projetos em tricô circular, e as medidas, diferentemente das revistas americanas, são para um único manequim e não fornecem orientações para adaptação de tamanho. Sem falar dos erros e do pequeno número de receitas de cada edição. Temos um longo caminho no mundo do tricô….

Vamos ver como ficará! Vou fazer as amostras e começar o moccasin socks, da página 03. Quem sabe no próximo post já tenha uma foto!!!

Anúncios

3 opiniões sobre “Tricotando o Knitting Around

  1. Sou uma curiosa no trico. Vivo quebrando minha cabeça e aprendo muito com revistas e internet. Esta semana encontrei o Tricô sem costura. Meu objetivo sempre foi fazer um trabalho bonito, bem acabado, de bom caimento. Já me aventurei a fazer blusas para minha filha na agulha circular – ficaram boas. Há 2 anos fiz um vestido Vermelho da Coleção Cisne 2009 para uma amiga minha, com a lã indicada na revista – só que me aventurei a fazer na circular, usei marcadores para me limitar – as mangas curtas, costas e frente acima do busto eram transas diminuindo até o decote canoa, em 15 dias de férias e frio fiz o vestido. Ficou muito lindo, bem acabado e bom caimento. Este ano fiz um mini-vest para ela também na circular. Tenho vontade de aprender as técnicas certas – sem saber sou uma apaixonada pela EZ. Tenho dificuldade com inglês, mas faço as receitas japonesas com a maior facilidade, talvez por amar também a matemática.
    Fátima Vale.

    • Olá,

      A receita está no livro Knitting Around de Elizabeth Zimmermann.
      Divulgamos o trabalho mas não podemos distribuir a receita pois os livros não são esgotados.
      Vc poderá adquirir o livro ou receitas avulsas no site da editora Schoolhouse Press, editora da família de Elizabeth Zimmermann.
      Att.
      Edna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s