Tricô rápido e método continental no estilo de Esperanza Rosas

O site Tejiendo Peru de Esperanza Rosas é uma fonte riquíssima de informações sobre tricô e crochê. Receitas, tutoriais, pontos, dicas para tricô circular, e uma infinidade de orientações.

O que me chamou a atenção no trabalho de Rosas, em particular, foi o modo como tricota. O método continental, com o fio na mão esquerda, eu já conhecia, muito mais rápido do que na direita, que exige três movimentos para cada ponto, introduzir a agulha,  passar o fio com mão e retirar o ponto. No tricô continental, fazemos apenas um movimento para realizar o ponto o que permite tecer com mais agilidade.

No vídeo abaixo, a professora Esperanza  Rosas usa o método continental de modo muito peculiar: as mão são posicionadas como para fazer o crochê e resulta, como podem ver, numa rapidez fascinante. Eu vou começar a fazer meus exercícios. Quem faz crochê com rapidez, com pouquíssimo tempo certamente será capaz de tricotar na mesma velocidade.

Um mesmo posicionamento de mão e fio para o tricô (dos agujas) e o crochê?  Vamos ver, vou tentar.

Visitem o site, realmente vale a pena.

Bom tricô!

Anúncios

Conversível: o tricô e a criatividade de Suzanne Resaul (Tradução)

Esta tradução foi feita pensando nas tricoteiras que querem novidades para vender no outono-inverno 2011. O Conversível de Suzanne Resaul, no Ravelry loopysue, é peça simples para ser tricotada e que se transforma, podendo ser usada como colete tipo frente única, túnica,gola, cachecol, gorro e compor visuais alternativos.

A designer comenta na receita que as instruções são mais um registro do que ela produziu, do que exatemente uma receita.As instruções são claras e as sugestões de uso, super criativas.

O Conversível é tricotado em agulha circular, como os pontos de barra 3×3 (3 meia e 3 tricô) e malha de meia (meia no direito e tricô no avesso), com orientação para variações de tamanho.

Agradeço à canadense Suzanne Resaul pela generosidade, clique aqui ir para a página do Conversível no Ravelry.

Thank  you Suzanne,

Bom tricô!

 

 

 

Conversível de Suzane Resaul

Ravelry ID: loopysue

clique aqui para baixar a receita em PDF: Conversivel

 

 

RECEITA

Tamanho: 42,5 cm de largura x 80 cm de comprimento
Material: 250g de fio espessura worsted (fio indicado para agulhas 4,5 a 5.5 mm), agulha circular de 6.0mm & 8.0mm, ou de outro tamanho adequado a amostra.
Amostras: (aproximada)
Agulha 6.0mm, Barra 3×3 (3 meia, 3 tricô, repetidos até o final)
12 pontos x 19 carreiras = 10 cm
Agulha 8.0mm, ponto meia. (meia no direito, tricô no avesso)
10 pontos x 12 carreiras = 10 cm
Nota explicativa:
Em relação ao tamanho, a circunferência do tubo deve ser suficiente para ajustar-se aos quadris. Então a partir da amostra em ponto de barra calcule o número de pontos necessário para iniciar o trabalho. Você pode trabalhar o comprimento das partes da pela na medida de sua preferência, mas a parte central deve ter o comprimento suficiente para permitir as diferentes formas de vestir.
Como fazer:
Coloque 90 pontos na agulha 6 mm, tricote em círculo em ponto de barra 3×3 ( 3 meias, 3 tricôs) por 22,5 cm.
Divida os pontos metade para frente e a outra metade para as costas, 45 pontos cada.
Com a agulha 8.0mm tricote a frente em malha de meia (meia no direito, tricô o avesso) por 35 cm (medido a partir do fim da barra), sempre tirando o primeiro ponto sem fazer em cada carreira.
Repita o mesmo para as Costas.
Volte a trabalhar em circulo, com a agulha 6.0mm, tricote barra 3×3 por 22,5 cm (contado a partir do final da parte tricotada em meia frente/costas). Arremate.

Para outras formas de usar, veja o PDF.

© 2010 Suzanne Resaul.
Esta receita foi criada como receita gratuita para uso pessoal.
Item feitos a partir dessa receita podem ser vendidos. Por favor, não copie ou vendida.

Tradução: Trico Sem Costura

Tamanho: 42,5 cm de largura x 80 cm de comprimento
Material: 250g de fio espessura worsted (fio indicado para agulhas 4,5 a 5.5 mm), agulha circular de 6.0mm & 8.0mm, ou de outro tamanho adequado a amostra.
Amostras: (aproximada)
Agulha 6.0mm, Barra 3×3 (3 meia, 3 tricô, repetidos até o final)
12 pontos x 19 carreiras = 10 cm
Agulha 8.0mm, ponto meia. (meia no direito, tricô no avesso)
10 pontos x 12 carreiras = 10 cm
Nota explicativa:
Em relação ao tamanho, a circunferência do tubo deve ser suficiente para ajustar-se aos quadris. Então a partir da amostra em ponto de barra calcule o número de pontos necessário para iniciar o trabalho. Você pode trabalhar o comprimento das partes da pela na medida de sua preferência, mas a parte central deve ter o comprimento suficiente para permitir as diferentes formas de vestir.
Como fazer:
Coloque 90 pontos na agulha 6 mm, tricote em círculo em ponto de barra 3×3 ( 3 meias, 3 tricôs) por 22,5 cm.
Divida os pontos metade para frente e a outra metade para as costas, 45 pontos cada.
Com a agulha 8.0mm tricote a frente em malha de meia (meia no direito, tricô o avesso) por 35 cm (medido a partir do fim da barra), sempre tirando o primeiro ponto sem fazer em cada carreira.
Repita o mesmo para as Costas.
Volte a trabalhar em circulo, com a agulha 6.0mm, tricote barra 3×3 por 22,5 cm (contado a partir do final da parte tricotada em meia frente/costas). Arremate.

Meu Miette por inteiro

Vi esse casaquinho no  blog Pequenos Pontos de Olivia Cláudia. É uma receita free, disponível no Ravelry, criação de Andi Satterlund do blog Untangling Knots e que pode ser vista nas cores azul e vermelha na sua galeria de fotos do Flickr. Esta receita é perfeita, com indicações para vários tamanhos, passo a passo, uma delícia para tricotar.  Casaco curto, feita em agulha circular, top-down, mangas três quartos, mas pode ser adaptada para manga comprida e finalizado na altura que se desejar, conforme sugestões da receita.

Então parei tudo, pedi umas dicas para Olivia que me respondeu prontamente e eis o resultado! Usei o fio e agulha indicados por ela para evitar surpresas, agulha 5mm e 02 novelos de fio Desejo da Pingoin. Eu tinha três novelos desse fio na cor vermelha, que estava num UFO (unfinished object) um daqueles trabalhos que fica no fundo do baú perdido e enjeitado. E vejam em que se transformou: um casaquinho leve e super confortável.

Terminei há algum tempo, mas faltava o post.

Bom tricô!!!

 

Miette

Execução: Tricô Sem Costura

Receita original de Andi Satterlund no Ravelry

http://www.ravelry.com/patterns/library/miette

02 novelos de Desejo da Pingouin, agulhas circular 5mm

Fio e agulhas indicados por Olivia Cláudia

http://pequenospontos.blogspot.com/2010/11/finito.html

Tradução: Gola de Janeiro, fio duplo na agulha 10mm.

Adorei essa gola, uma daquelas receitas práticas, simples, rápida e charmosa,  de Emma do blog   Knit1Slip1.  A receita, cortesia da designer, está disponível em inglês  no blog e no Ravelry.

Observe que a textura da gola é definida pelo uso do fio duplo, conforme ressaltado na receita, dois fios de espessura DK na agulha 10mm. Segundo a tabela de espessuras das Aulinhas de Tricô da Regina Rogers,  o fio DK é aquele indicado para agulhas de 3,75mm a 4,25mm. Esses detalhes são importantes para que nossa peça tenha o mesmo caimento do modelo.

Minha sugestão para essa peça é usar a montagem provisória e finalizar com o grafting (ponto de malha para unir os dois lados com agulha de costura, bordando o ponto meia) para que a peça fique sem emenda.  Para a montagem provisória com agulha de crochê indico o vídeo de As tramas de Milady e para a técnica de costura grafting o vídeo de Regina Rogers, ambos em português.

Para quem quer avançar, o grafting pode ser executado de formas diferentes,  quando fazemos meia no direito, cordões de tricô ou meia e tricô alternados (como no ponto arroz usado na gola,) de modo que o desenho do ponto seja preservado no acabamento. Na página 16 da revista  1300 pontos tem indicações de como fazer o gratfing em meia e em tricô, aí é só usar alternadamente seguindo o ponto arroz.

Nossa tradução foi feita com autorização da designer. Quem gostar ou tricotar a peça, visite o blog e deixe seu comentário, mesmo em português. Seria bem legal!

Thank you, Emma.

Bom tricô!!!

Gola de Janeiro


  1. Coloque 25 pontos na agulha 10mm, usando dois fios juntos.
  2. *1 meia, 1 tricô* Repita até o penúltimo e termine com 1 ponto meia.
  3. Repita a 1ª carreira  até que a gola tenha  140 cm de comprimento.
  4. Arremate e costure para formar a gola. Ou torça a peça para costurar de modo que  fique mais elegante e pareça menos embaraçada quanto usada enrolada como cachecol.

January Cowl

Fotos, criação e execução de Emma

http://knit1slip1.com/2011/01/19/january-cowl/

Promoção: desconto nos fios de lã merino 100Purewool

A 100purewool está oferecendo 20% de desconto para os leitores do Tricô Sem Costura nos  fios  worsted, fingering e lace em pura lã merino. O fios fingering e lace  tem cores lindas para tricotar xales e cachecóis.

Clique aqui para o código de desconto: Promoção 100%purewool

Bom tricô!

 

 

No grupo 100purewool-fans no Ravelry  há indicações preciosas sobre a quantidade de novelos necessários para os projetos com esses fios.

 

Tricô Homeopático com fios orgânicos, ervas e aromas (Herbal ou Homeopathic Knitting)

Quando dizemos que fazemos algo em doses homeopáticas queremos dizer que todo dia um pouquinho faz bem e fortalece o organismo. É assim que faço tricô, todo dia de manhã assistindo aos jornais e no final da noite, pra relaxar e ver que, além do trabalho e da labuta cotidiana, estou criando algo bonito. Todos conhecem as virtudes terâpeuticas do tricô, a tricoterapia. Não  confundam com a tricoterapia da área da saúde  que cuida das doenças dos cabelos, estou falando de fios e agulhas mesmo.

Segundo a aromaterapia, os cheiros e óleos essenciais exercem efeitos positivos para o bem estar, ajudando no relaxamento físico e mental. Se a Osmologia  tem ou não comprovação científica, não sei. Mas que os cheiros de perfumes, sabonetes e sais de banho tem efeitos energéticos e relaxantes, não tenho dúvida alguma.

Já para cromoterapia que as cores tem propriedades restauradoras do equilíbrio físico e energético do corpo. Segundo a cromoterapeuta Ondina Balzano,a cromoterapia é reconhecida como terapia alternativa pela OMS desde 1976 e pela Organização Mundial de Saúde( OMS). E quanto às propriedades medicinais das ervas creio que dispensa comentários.

Agora imaginem reunir tudo isso:  aromas, cores e ervas em fios de lã orgânica.  Fui pensando nisso enquanto tricotava um top-down com o fio Da Fazenda na cor carqueja escuro

A carqueja  é uma planta medicinal que, usada como tingimento deixou no fio um aroma leve , muito suave, que perfuma as mãos e uma sensação agradável de frescor, que vem do verde.

Tom de verde com o cheirinho de chá! Como seria interessante uma coleção de fios com cores e cheiros de ervas. Então poderíamos tricotar num novo estilo, o Tricô Homeopático ou para dar um toque mais universal, Herbal ou Homeopathic Knitting.

O tingimento natural a base de ervas foi usado por Denise Azenha da Fazenda Caixa Dágua, no fio Tingimento Natural na cor carqueja, carqueja claro, carqueja escuro e por Ellen Zwick da Fiolã, no fio de lã merino, nas cores carqueja e macela (ainda não conheco esses fios da Fiolã, não sei se tem cheiro).  Vai a sugestão para os produtores de fios orgânicos: uma coleção de fios com cores e cheiros de ervas aromáticas brasileiras, seria algo inusitado e fascinante. Além das cores, se fosse possível acentuar o aroma, mesmo que ele não persista depois da lavagem da peça, daria um toque especial ao “nosso tricô de cada dia” : tricoterapia, aromaterapia e cromoterapia.

Esse é o meu Baccharis Cardigan, de Baccharis Trimera nome científico da carqueja. Até agora usei apenas um novelo.

Então vamos fazer tricô homeopático? Um convite aos produtores de fios e as tricoteiras!

 

 

Baccharis Cardigan

Fio Da Fazenda – Tingimento Natural carqueja escuro

agulhas circulares 8mm

 

Estamos comemorando! O blog atingiu mais de 20000 visitas. No dia 30 de dezembro registramos dez mil visitas desde a criação do blog em setembro, e ontem  dia 24 de janeiro mais dez mil.

Grande abraço aos leitores e visitantes do Tricô Sem Costura.


Lãs e agulhas importadas: armarinhos, comércio virtual e unfair trade

Hoje levei um susto quando fui olhar os lançamentos de lãs 2011 nos armarinhos virtuais.

Acreditem, um novelo de Noro Silk Garden Sock  de 100 gramas está sendo vendido a 86,00 reais (e ainda sugerem que podemos dividir um novelo em 6×14,33) e o Silk Garden de 50 gramas por 54,oo reais.  Tudo bem que este é um fio especial, com lã, seda, nylon e mohair, mas esses preços são absurdos, expressão do que podemos chamar de “unfair trade“. Os comerciantes trabalham com margens de lucro, senão seu oficio não teria sentido, mas do ponto de vista do consumidor, a lógica é a da procura do melhor produto pelo menor preço.

O movimento do fair trade propõe que os consumidores  privilegiem os produtores dos países pobres, comprando seus produtores a preços que favoreçam a continuidade do seu trabalho e a sustentabilidade. Mas no caso do comércio virtual, os armarinhos importam produtos e revendem aqui de duas a três vezes mais caro. Claro que esses objetos e seu consumo são expressão da condição social e poder aquisitivo de seus consumidores, afinal quem nessa terra de tanta desigualdade e pobreza pode pagar quase um salário mínimo por um kit de agulhas de tricô?

A qualidade das agulhas e dos fios é inquestionável, mas sinceramente, como consumidora, acho que é um pouco demais!

No caso dos fio Noro, os mesmos fios na Webs,  http://www.yarn.com são vendidos  a preços bem menores, e é claro que não estão deixando de ter sua margem de lucro.  O fio Noro Silk Garden Sock custa US 19,99 (33,44 reais) e o Noro Silk Garden US 11,95 ( 11,99 reais), nas compras de mais de 60 dólares a Webs dá um desconto de 20%,  ou de 25% nas maiores de 120 dólares.  Mesmo se considerarmos o custo de envio e a possibilidade de ter que pagar taxas na alfândega, aliás o custo do frete aqui também tem que ser adicionado, a diferença ainda é muito grande.

O mesmo vale para as tão desejadas agulhas intercambiáveis Knit Pro. No eBay (www.ebay.com) nas lojas P2tog e Woolstack encontramos as agulhas e acessórios Knit Pro a preços surpreendentes e como são leves o custo de envio é igual ou até menor que um sedex nacional.

Os cabos das agulhas intercambiáveis custam 2,80 dólares (4,68 reais). As agulhas intercambiáveis de metal tamanho 3mm a 5.5 mm custam 5,36 dólares e as de madeira variam de US 6,60 , 8.70 a 11 dólares conforme a espessura.  Sem falar dos kits: o de madeira (KnitPro Wood Interchangeable Knit Needle Starter Set ) com 3 pares de agulhas de 4mm. 5mm e 6mm e cabos de 60,80 e 100cm custa US 28,70 (48,015 reais) e o kit com as agulhas de metal, com 8 pares de agulhas e três cabos, sai por US 63,80 (106,73 reais). Esse mesmo kit com 8 agulhas e 3 cabos aqui no Brasil custa 239,00 reais.

Outra opção são as agulhas retas e de pontas duplas de bambu da 8seasonknitting, loja virtual chinesa.  Além de acessórios, como marcadores, contadores de carreira, prendedor de pontos etc, vendem as agulhas avulsas ou em kits. Um kit com 17 pares de agulhas retas de bambu custa 16,84 reais e o kit com 17 jogos de agulhas de pontas duplas  de 20 cm (cada jogo tem 5 agulhas) 33,48 reais. Essas agulhas são muito boas, mas as circulares não recomendo, não gostei.  Fiz a manga de uma blusa com as agulhas de pontas duplas Addi e a outra manga com as da 8season, as mangas ficaram idênticas srsrsr. Uma boa opção para quem quer ter todos os números de agulhas.

Se vamos comprar produtos brasileiros e prestigiar os produtores locais, ok. Mas se o produto é importado, isso não faz sentido. Afinal um dos mais antigos argumentos em prol do livre comércio entre os países é justamente que os consumidores possam ter acesso aos produtos por um menor preço.

Bom tricô!

 

Ebay – www.ebay.com

Webs American Online Store – www.yarn.com

P2Tog  –      http://www.p2tog.com/ ou em  http://stores.ebay.com/p2tog-Sock-Yarn-Store?_rdc=1

Woolstack http://stores.ebay.com/Woolstack

8Season Knitting  http://www.8season-knitting.com

 

A conversão dos valores em dólar para real foi feita hoje em:  http://economia.uol.com.br/cotacoes/