Sobre

Olá!

Sou uma tricoteira do interior de São Paulo, da cidade de Marília. Aqui, aprendi, como quase todo mundo, a fazer tricô com agulhas retas e fio passado pelo pescoço, no estilo português. Sempre que finalizava uma peça, uma blusa, olhava desalentada aquelas saliências laterais, nós e fios pra esconder e, ao vestir, sentia o desconforto frustrante das costuras. Mas, como minha paixão por lãs e agulhas é enorme, continuava tricotando.

Ao aprender o tricô circular,  com agulhas de pontas duplas e circulares,  descobri o prazer de produzir peças tridimensionais e o conforto de usá-las. Nos cursos de artesanato que frequentei ao longo dos trinta anos que faço tricô, as agulhas circulares sempre foram personas non gratas, que só tem espaço nas golas e  olhe lá…e  jamais vi alguém tricotando com agulhas de pontas duplas. Com os sites e vídeos  na Internet tenho aprendido novas técnicas, como o moebius, que viraram do avesso a minha percepção do tricô.

Este espaço está aberto a todas as tricoteiras e artesãos de fios que  queiram partilhar idéias, informações e receitas sobre o tricô circular, mostrar os trabalhos, ouvir histórias de quem faz, e é claro, de quem usa o tricô.

“If you can read, you can cook…” Julia Child em Mastering the Art of French Cooking

Para Julia Child se você pode ler, pode cozinhar…então, se  pode ler, também pode tricotar e aprender tudo o que desejar.

Bem vindos e bom tricô!

Edna

“If you can read, you can cook” Julia Child
“If you can read, you can knit” Edna

14 opiniões sobre “Sobre

  1. Bom dia! Eu sou capaz de ler e escrever em espanhol, mas não em Português! Sou uma mulher de 73 anos de idade, e moro no estado de Minnesota, no norte dos Estados Unidos. Está ficando mais frio aqui agora, porque o inverno está chegando. Meu marido e eu tenho 6 filhos, 12 netos, e quase seis bisnetos! Tenho malha toda a minha vida, e realmente gosta de fazer meias e camisolas “na ronda”, com agulha circular e duas pontas. Minha filha vive em Paris, França – ela é um diretor de coro e designer de sistemas informáticos de software linguagem. Meu filho vive perto de nós e sua proximidade é muito precioso para nós. Espero que seu blog é muito bem sucedido. Eu tenho um tradutor assim-assim para que ele possa ser possível para mim ler. Espero que esta tradução não é tão ruim! Até a próxima vez …… Hasta luego.

  2. Ola!
    Sei muito pouco sobre tricô, faço algumas coisinhas, mas achei o blog muito interessante e vou passar para algumas amigas minhas.
    Seja Feliz com seu blog .
    bj

    • Oi Simone,
      a energia que surge nas aulas brota da beleza e do encantamento das pessoas que partilham objetivos comuns, por isso ensinar é tão bom. Eu adorei o grupo! E sou mesmo apaixonada, e essa paixão já tem trinta anos srsrs
      Bjs

  3. Olá,
    Meu nome é Gabrielle e conheci teu blog através do blog da Ellen e do Fábio da fiolã. Primeiro quero te prabenizar pelo trabalho e iniciativa e segundo pedir umas dicas.
    Tenho muita vontade de aprender tricô, já faço o básico com agulhas usadas no Brasil, estilo português como vc diz… tricoto cachecóis, basicamente com pontos meia e tricô.
    Leio muito em inglês e comprei dois livros de tricô a um tempo atrás…. ambos falando do tricô circular. Como não conheço a técnica tinha pensado em fazer um curso, mas lendo seu blog já percebi que não vou aprender muito mais do que fazer gola…. Minha pergunta é: Vc acha que posso aprender a tricotar sozinha, lendo e pela internet? Ou um curso poderia me ajudar? Conheces alguém em Porto Alegre que faça tricô circular?
    Desde já agreço.
    Um abraço,
    Gabrielle.

  4. Olá!!!
    Te conheci através do ravelry, gostei muito de sua idéia a respeito da NÃO costura.
    Eu prefiro fazer o que puder, tudo em uma peça só, acho menos cansativo.
    Estou muito entusiasmada com a EZ. Descobri faz pouco tempo sobre as maravilhas que ela fez.
    Aqui no seu espaço (que é tão bem cuidado), posso achar tudo que precisarei para me aprofundar mais sobre tricô e sobre a EZ.
    Parabéns pelo blog, muito bem elaborado e com o cuidado de ajudar à todas.
    Beijos.

    Camila Medeji.

  5. Edna,
    Também sou mais uma encantada pelo seu blog. Estou adorando te conhecer e, em especial, a sua generosidade e gentileza.
    Ainda estou aprendendo a mexer nas agulhas circulares… Será um prazer acompanhar a sua paixão pelo tricô através deste blog.
    Beijos com carinho,
    Vanessa

  6. Olá Edna

    sou de Marília e ontem conheci seu grupo pela TV, mas não pude acompanhar o programa. Só deu tempo de anotar seu endereço eletrônico.
    Faço tricô desde adolescente, mas acho que “perdi a mão”. Lendo seu comentário aqui no blog, percebi que minhas dificuldades são as mesmas que você tinha quanto a arremates, etc.
    Não conhecia o tricô circular e amei.
    Queria voltar a tricotar, mas acho que precisaria de aulas.
    Vocês dão aulas? O que me sugere?
    Um abraço.
    Carla

  7. Oi Edna me identifiquei com a sua descrição. Assim como vc aprendi a tricotar ainda menina com minha mãe e com o fio no pescoço ou num ganchinho no ombro.eh Eu pensava que sabia muito, mas descobri que nada sabia ao começar a frequentar comunidades e blogs há uns anos atrás. Agulhas circulares e 2 pontas pra mim eram coisa de ET.

    Enfim, hoje adoro conseguir terminar uma peça bem acabada, diferente e saber que fui eu que fiz.eh

    Conheci seu espaço hoje, e agora vou aproveitar para dar um passeio nele.
    bjsss

  8. Olá!
    Achei seu blog muito interessante e bem feito.
    Também aprendi a tricotar com minha mãe em Portugal. Faz muiiiiiiiiiiiiiiiito tempo……..Adorei saber sobre o tingimento natural dos fios de lã, muito legal!
    Numa das fotos, está usando um gorro muito bonito e delicado. Poderia me indicar onde encontrar a receita?
    Ficaria muito grata.
    Um abraço .
    Sucesso , em seu blog e sua vida!
    irene

  9. O tricô é apaixonante, mesmo! Fazer na circular, para mim, sem a explicação que esta semana encontrei neste site, foi uma aventura – mas já fiz algumas peças como experiência. Quero aprender cada vez mais – Divulgar EZ seria magnífico.

  10. Adorei conhecer este blog, as minhas dificuldades também são sempre depois do trabalho pronto, o acabamento sempre fica a desejar. Quero aprender a usar agulhas circulares e as de duas pontas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s