Fácil de Fazer: revistas da Editora Alto Astral com receitas Tricô Sem Costura

Já estão nas bancas  as revistas  da Editora Alto Astral  com receitas do Tricô Sem Costura Atelier: Fácil de Fazer  Cachecóis e  Fácil de Fazer Tricô. Em cada uma das publicações há cerca de 13 receitas do Tricô Sem Costura Atelier~juntamente com trabalho de outras  artesãs.

Colaboraram com o trabalho de execução das peças as amigas e exímias tricoteiras marilienses: Áurea Balieiro Gomes, Elizabeth da Silva, Luzinete Alaíde da Silva Oliveira e Márcia Kogawa.

Agradeço ao convite da Cristiane Goto e atenção e simpatia de toda equipe da Editora, em especial a Gustavo Cândido, Tais Castilho, Silvia H. Vieira , Mirian Izabel Sasaki e à editora de Linhas Raquel Luciano.

Bom tricô!!!

 

Fiolã e Tricô Sem Costura no 8º Ideal Moda Fashion

A experiência de participar do  8º Ideal Moda Fashion foi surpreendente. Serão necessários muitos posts para partilhar com as leitoras do blog tudo o que pude registrar, centenas de fotos e a experiência única de conhecer bem de pertinho o trabalho de produção familiar de fios de lã artesanal realizado pela Fiolã em Taquara/RS.  E claro a convivência com Ellen, Fábio, Hella e Matheus, que não terei palavras pra descrever aqui. Aprendi muito, sobre fios, sobre ovelhas e sobre pessoas que tem capacidade inusitada de imaginar, produzir, trabalhar e sorrir.

Estas são as peças que cicularam na passarela da Expointer. Uma gola m cordões de tricô com fio duplo na agulha 12, nas cores noz peçã e casca de cebola do fio merino  e  um poncho top-down com gola rolê tricotado na agulha circular 8mm com a lã corriedale  na cores caramelo e ferrugem.

Além da gola e do poncho, também tricotamos um  colete e o pullover em tons naturais do fio corriedale, ambos com a tecnica top down. O colete na cor azul jeans tricotado na agulha 9mm e o pullover na agulha 7, nas cores noz peçã, cochonilha e acácia negra, todos tingimentos naturais da Fiolã.

Pouco a pouco vou escrevendo e publicarei todas as receitas aqui.

Bom tricô!!

Colete top-down, 2 novelos de lã corriedale Fiolã, na cor azul jeans

Gola (pelerine e capuz) em maxi tricô, 04 novelos de merino noz pecã e casca de cebola, fio duplo na agulha 12mm

Poncho, 4.5 novelos de lã corriedale Fiolã, agulha 8mm, nas cores ferrugem e caramelo

Pullôver top-down, 03 novelos de corriedale Fiolã na agulha 7mm, tingimento natural: acácia negra, noz pecã e cochonilha

Xale com 01 novelo de lã merino 100purewool

O frio chegou! Por aqui está uma delícia, fresquinho pra usar  xale até mesmo no meio do dia. Além do tricô, os chás e as comidinhas de inverno …

Correndo contra o tempo, fiz esse mini xale, o Mizzle, uma  receita grátis do Ravelry, criado porPatricia Clift Martin

Essa receita é um achado, pois é rápida e de fácil memorização. O resultado, como podem ver, é bem delicado. Lembra um desenho azteca que vi em algum lugar. Pode ser facilmente adaptado para um tamanho maior. A receita para o tamanho menor, o que eu tricotei, sugere 400 yard, cerca de 365 metros.

Usei o fio merino fingering na cor Solid Blue da 100purewool,cuja meada tem 440 yards, 402 m. Supermacio e uma delícia para tricotar. Nâo usei e sobrou uma quantidade suficiente para decorar meias.

Agora, antes mesmo de blocar, não resisto, vou usar!

Bom tricô!

Mizzle de Patricia Clift Martin

Fio: 01 meada de Merino fingering 100purewool, agulhas 4mm e 5mm

cor: solid blue

Receita no Ravelry

http://www.ravelry.com/patterns/library/mizzle

Receita Prática: Poncho Infantil para o Inverno 2011

Este é meu primeiro poncho infantil, uma receita rápida e prática  para começar o inverno com alegria. Uma sugestão pra presentear ou para vender,  e podemos usar as sobras de fios para uma peça colorida e com franjas. Claro, feito em agulha circular, para um tricô sem costura.  Nesta usei dois novelos do fio Rustilana da Aslan na cor 0214 (rosa, bege e marrom) e agulhas circulares 8mm e 7mm. Esse fio é bem macio, muito confortável e agradável pra tricotar!

Bom tricô!

English Version PDF: children poncho eng

Fios: Rustilana da Aslan, 02 novelos

Agulhas circulares: 7 mm e 8 mm

Receita

Coloque 28 pontos na agulha circular, feche o círculo, coloque um marcador para indicar o ínício da carreira e trabalhe em ponto de barra 1/1 (1 tricô, 1 meia) por o4 carreiras.

Na próxima carreira (5ª carr.), toda em ponto meia, faça 13 pontos, coloque um marcador, 1 meia, marcador, 13 meias,  marcador, 1 meia, marcador. Atenção: haverá três marcadores, um indicando o inicio da carreira e os outros  dois destacando o ponto central que será o eixo dos aumentos, por isso, use cores diferentes conforme a função do marcador.

Na 6ªcarreira, trabalhe em meia até o marcador, aumente 1 ponto, passe o marcador, 1 meia (ponto central), passe o marcador, aumente 1 ponto, siga em meia até o final da carreira. Na carreira seguinte, toda em ponto meia.

Assim siga alternando uma carreira com aumentos de cada lado do ponto central e a carreira seguinte toda em meia, ate atingir a altura desejada. Faça as duas últimas carreiras com a agulha 7mm em ponto de barra 1/1 e arremate de modo bem solto, para que o poncho tenha elasticidade na barra.  O modelo da foto acima tem 53 cm de comprimento, medido do início até o final sobre o ponto central e 20 cm de largura na abertura do pescoço.

Note que existem diferentes formas de fazer o aumento, neste eu usei o M1 (veja os vídeo: aumento a direita e aumento à esquerda), que não deixa um buraquinho. Se fizer uma laçada, haverá furinhos ao lado do ponto central. No caso de um fio de cor sólida, uma variação é colocar uma trança no centro ao invés de um ponto meia, e seguir conforme as demais instruções.

Capelete de Anfitrite: uma pelerine de Lankakomero

A tradução da semana está terminada.  O Capelete de Anfritite é uma pelerine tricotada em linha com motivo de conchas. Essa peça é chamada por nomes diferentes, como capa, mini-poncho, pelerine ou capelete.

Uma receita de Lankakomero inspirada na mitologia grega.  Poseidon, o deus do mar, ficou  desesperadamente apaixonado por Anfitrite, uma ninfa marítima, quando a viu dançando e queria casar-se com ela.  Mas Anfitrite escondeu-se  dele no oceano Atlântico, sendo localizada por um golfinho enviado por Poseidon.

Mas nós não vamos usar a pelerine nos esconder, ao contrário de Anfitrite, vamos aparecer com essa peça encantadora!

Bom tricô e divirtam-se!

 

Link direto para download da versão em português do Capelete de Anfitrite:
http://www.ravelry.com/download/75053/free
Link para a página do Capelete de Anfitrite no Ravelry :
http://www.ravelry.com/patterns/library/amphitrite-capelet